Guia Técnico sobre estratégia de amostragem e interpretação de resultados de avaliações quantitativas de agentes químicos em ambientes de trabalho – PDF

Assunto: Avaliações Ambientais

As avaliações ambientais dos agentes químicos inseridas nos programas previstos pela legislação brasileira de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) – principalmente o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) – e nos laudos técnicos periciais têm sido questionadas com frequência por profissionais que atuam nas áreas de SST, auditores fiscais do trabalho, profissionais da vigilância da saúde e trabalhadores quanto à confiabilidade de seus resultados e das conclusões deles advindas.

Uma das questões mais frequentemente levantadas é qual a quantidade de medições de concentração necessária para se chegar a um diagnóstico confiável, seja referente às exposições de trabalhadores ou à contaminação de locais de trabalho. Muitos indagam: como é possível concluir sobre a exposição de um trabalhador ou a contaminação de um local de trabalho por um agente químico realizando-se apenas uma ou duas medições no ano?

Este guia visa contribuir (i) na definição da estratégia de amostragem para a determinação das concentrações dos agentes químicos no ar em ambientes de trabalho, seja na zona respiratória de trabalhadores ou em locais de trabalho, (ii) na análise estatística dos resultados obtidos e (iii) na comparação destes com os valores de referência para ambientes de trabalho (limites de concentração) à luz da legislação atualmente vigente no Brasil.

 

 

PáginasTipo de ArquivoIdiomaAutor
Número de páginas: 110 páginas
Tipo de arquivo: PDF
Idioma: Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up